Olá a todos, sou o Vinicius Vale e hoje vou falar um pouco mais sobre Big Data e o mercado de trabalho.

No artigo anterior eu falei um pouco sobre a evolução da area de TI e como o mercado se adaptou aos novos cargos, e quais os profissionais para o mercado de Big Data. Sendo as vagas comuns: Big Data Engineer, Big Data Analyst, Data Scientist e as variantes.

Falamos sobre Data Engineer no artigo anterior, e focaremos agora no restante.

/Big/ Data Analyst

Analyst refere-se à possibilidade de se utilizar dados, para que ao analisa-los chegar a tomada de decisão. 

Neste contexto, um profissional Data Analyst é alguém preparado para analisar os dados. Sendo a ciência de examinar dados brutos com o objetivo de identificar padrões e obter insights sobre essa informação.

Os principais trabalhos para um analista de dados, estão na derivação de conclusões únicas baseadas no que o analista já conhece; por exemplo, executando uma série de estudos em busca de correlações significativas entre os dados. O Data Analytics é usado em várias empresas,e indústrias para permitir que as organizações melhorem suas tomadas de decisões, bem como verificação e alteração em teorias ou modelos existentes.

Considerando a quantidade de habilidades necessárias, dificilmente é um cargo de estágio. O profissional já deve possuir alguma bagagem no mercado, quem é da area de Business Intelligence e até mesmo da area de negócios possuem mais facilidade em adaptar-se neste cargo. As principais tarefas são:

  • Coletar dados sem tratamento – estruturados, semi-estruturados ou não estruturados – de fontes relevantes para os temas de interesse da empresa e analisá-los de acordo com os objetivos.
  • Identificar padrões dos dados para que possam gerar valor.
  • Ajudar no desenvolvimento de produtos com as analises de dados.

Muitas vezes, parte desses dados estarão disponíveis dentro do Data Lake, oferecidos pelos Data Engineer’s, onde basta escolher a ferramenta de visualização para ter acesso aos dados.

Agora que entendemos quais são as tarefas de um Data Analyst, vamos entender quais as habilidades necessárias para entrar bem neste mercado.

  • Conhecimento em linguagem estatística como SAS, R e/ou Python.
  • Conhecimento em modelos estatísticas e matemáticos.
  • Conhecimento básico de SQL.
  • Habilidade em ferramentas de visualização – Spotfire, QlikView, QlikSense, Tableau, MetabaseSuperset.
  • Habilidade em modelagem de dados.
  • Habilidade em entender as necessidades do negócio para identificar insights.

É incomum a necessidade de conhecimentos em Inteligência Artificial para este cargo, porém alguns vagas podem pedir  conhecimentos básicos.

Data Scientist

Cientista de dados é uma área voltada para o estudo e a análise de dados, estruturados ou não, que visa a extração de conhecimento ou insigths para possíveis tomadas de decisão. A ciência de dados é um campo que já existe há 30 anos, porém ganhou mais destaque nos últimos anos devido a alguns fatores como: o surgimento e popularização do Big Data e o desenvolvimento de áreas como o machine learning. A ciência de dados pode, por exemplo, transformar essa grande quantidade de dados brutos em insights de negócios.

Considerando a quantidade de habilidades necessárias, dificilmente é um cargo de estágio. O profissional já deve possuir alguma bagagem no mercado, quem é da area de Business Intelligence, Matemáticos e/ou estatísticos possuem mais facilidade em adaptar-se neste cargo. As principais tarefas são:

  • Coletar dados sem tratamento – estruturados, semi-estruturados ou não estruturados – de fontes relevantes para os temas de interesse da empresa e analisá-los de acordo com os objetivos.
  • Identificar padrões dos dados para que possam gerar valor.
  • Ajudar no desenvolvimento de produtos com as analises de dados.
  • Identificar oportunidades por meio dos dados.

Muitas vezes, parte desses dados estarão disponíveis dentro do Data Lake, oferecidos pelos Data Engineer’s, onde basta escolher a ferramenta de visualização para ter acesso aos dados.

Agora que entendemos quais são as tarefas de um Data Scientist, vamos entender quais as habilidades necessárias para entrar bem neste mercado.

  • Conhecimento Avançado em linguagem estatística como SAS, R e/ou Python.
  • Conhecimento Avançado em modelos estatísticas e matemáticos.
  • Conhecimento Avançado de SQL.
  • Habilidade em ferramentas de visualização – Spotfire, QlikView, QlikSense, Tableau, MetabaseSuperset.

  • Conhecimento em Machine Learning entre outras técnicas.
  • Conhecimento no Ecossistema Hadoop.
  • Habilidade em entender as necessidades do negócio para identificar insights.

Este já é um cargo cujo os profissionais são os mais difíceis de encontrar visto a necessidade de conhecimentos matemáticos e estatísticos

Obviamente de quem chegou hoje no mercado de trabalho, o Big Data é um sonho distante, porém não é impossível. Conheça alguns cursos da SUDOERS que podem lhe ajudar nesse trajeto.